Close

Belém participa de reuniões promovidas por Cidades Criativas

Em 2019, Belém participou de 4 reuniões e festivais promovidos por outras cidades criativas da Unesco.

ECriativa – A primeira foi em Março, na capital brasileira Florianópolis. O II ECriativa reuniu as cidades brasileiras que fazem parte da Rede Mundial de Cidades Criativas da UNESCO, para discutir sobre economia criativa e inovação.

Do ECriativa participara, as oito cidades brasileiras da Rede de Cidades Criativas da UNESCO, criada em 2004, com o objetivo de promover a cooperação internacional entre as cidades que têm a criatividade como uma estratégica e um impulsionador para a recuperação e o desenvolvimento urbano sustentável.

Durante o encontro elas expuseram as suas experiências. As cidades são: Florianópolis, Belém e Paraty (cidades criativas no segmento gastronômico); Brasília e Curitiba (design); João Pessoa (artesanato); Salvador (música); e Santos (Cinema). Também participam três municípios em processo de candidatura: Belo Horizonte, São Paulo e Fortaleza. Estiveram presentes ainda representantes da UNESCO Brasil, do ministério do Turismo, da Cultura, do Sebrae Nacional e integrantes do Grupo Gestor e da Confraria do Programa Florianópolis Cidade Criativa UNESCO da Gastronomia.

Cristina Gallo

Gastronomic Made in Italy – Outro grande evento que Belém participou e levou prêmio bastante representativo, foi o concurso Gastronomic Made in Italy em Parma, na Itália. Belém levou a renomada chef Ângela Sicilia à disputa, com o seu ravióli de maniçoba. A final do Gastronomic Made in Italy, em Parma, foi realizada durante a maior feira gastronômica da Itália, com a apresentação de um show cooking público, onde os chefs tiveram que cozinhar o prato indicado para os jurados, que são cinco membros de Parma, Alba e Fabriano. A divulgação do vencedor foi durante a Conferência Anual da Rede Mundial de Cidades Criativas da Unesco, em junho e a chef Ângela Sicília ficou em segundo lugar, afinal, já não é novidade que Belém ganhou destaque no mundo por sua rica e farta gastronomia, o evento contou ainda com a participação do chef Pieter Sypesteyn, da cidade de San Antonio, no Texas (EUA). Os critérios que levaram os selecionados à final foram: conceito, coerência com a chamada;  storytelling, descrição do conceito e das diferentes fases de realização do prato e a sustentabilidade, conexão com a Agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável.

Gastronomic made in Italy – Angela Sicília

Festival em Gaziantep – O Festival Internacional de Gastronomia de Gaziantep, na Turquia, o GastroAntep foi organizado pela cidade turca e várias cidades criativas da gastronomia participaram, inclusive Belém.

As representantes da cidade de Belém foram a reitora da Universidade da Amazônia – UNAMA, Maria Betânia Fidalgo, quem dá grande incentivo à gastronomia belenense, através da Universidade e a chef Tatiana Martins, que participou do cooking show.

Festival Shunde Food and Culture Week – O Festival de Shunde, em outubro de 2019, teve também a participação de Belém e de outras cidades criativas da Unesco. As representantes de Belém na cidade chinesa foram a chef Ângela Sicília e a ponto focal de Belém, Cláudia Sadalla.

Mais Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »