Close

Belém sedia nona edição do Festival Brasil Sabor, circuito que valoriza a culinária local

A nona edição do Festival Brasil Sabor, em Belém, foi lançada nesta quinta-feira, 17, durante um coquetel no Parque do Utinga. O circuito segue até o dia 17 de junho, e vai contar com a participação de restaurantes locais que prometem inovar com pratos e sabores regionais. O evento é realizado pela seção Pará da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel Pará) e conta com o apoio da Prefeitura de Belém.

O evento ocorre há 13 anos em todo o país e tem como objetivo celebrar os ingredientes regionais, valorizar as técnicas de preparo da comida local e fomentar a originalidade na cozinha. Este ano o evento tem como tema “Original do Brasil”, envolvendo restaurantes associados que valorizem os arranjos produtivos locais, que se iniciam no trabalho do agricultor até a utilização dos produtos no restaurante.

Para a presidente da Abrasel Pará, Rosane Oliveira, será a oportunidade para que tanto aqueles que já conhecem a culinária local, quanto os que visitam o Estado possam desfrutar da gastronomia local. “Serão 30 dias de um evento em que a população vai degustar e conhecer tudo aquilo que os chefs dos restaurantes participantes do circuito criaram para este momento. Contamos com a participação de 30 restaurantes que estarão buscando a nossa raiz e fazendo a redefinição dos pratos. Belém é uma Cidade Criativa da Gastronomia, por isso primamos por este conceito de valorizar cada dia mais a nossa cultura”, disse.

O festival busca apresentar ao público, além da gastronomia, roteiros turísticos e a cultura local. A iniciativa tem comprovado que, com sua variedade de ingredientes, temperos, aromas, cores e sabores, a culinária brasileira é um dos grandes atrativos que o Brasil tem a oferecer.

O presidente da Companhia de Desenvolvimento e Administração da Área Metropolitana de Belém (Codem), João Cláudio Klautau, representante da Prefeitura no evento, lembrou que a união de todos foi o principal motivo para fazer de Belém uma das Cidades Criativas da Gastronomia. “A nossa cidade, a nossa cultura conquistou este título da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) e nós precisamos mantê-lo. Como vamos fazer isso? Através da continuidade de eventos que agreguem toda a iniciativa privada e apoio dos órgãos públicos para fomentar nossa cultura gastronômica. A gastronomia é e sempre será o grande carro chefe para que fortaleçamos o nosso setor de turismo”.

Novidades – Este ano, o evento terá a Casa da Farinha, um espaço nos mesmos moldes do interior do Pará, onde os produtores de Bragança, Augusto Correia e de outros municípios irão torrar a farinha e mostrar ao público todo o procedimento de preparo.

O Festival Ilhas e Sabores encerrará o evento com a ocupação do espaço público do complexo Ver-o-Rio durante três dias, contribuindo para a revitalização e ressignificação do espaço através das atividades do festival. O objetivo é realizar um grande evento que aproxime associados da Abrasel Pará, não associados, público e fornecedores locais, através de atividades como Arena e Feira Gastronômica, workshops, palestras, rodada de negócios e atrações culturais.

Susane Rabelo, proprietária do restaurante Toró, conta que para esta edição do evento o chef Wagner Vieira criou o prato “Papa-chibé, da raiz à folha”. O prato faz a junção de um peixe empanado na farinha d’água, frito na manteiga de palma, guarnecido no aligot (um tipo de purê de origem francesa) de macaxeira e acompanhado de arroz de maniçoba e caviar de tucupi preto.

“O paraense é um dos que tem a oportunidade de experimentar a mandioca da raiz à folha, nos seus pratos da culinária regional. Nós temos a oportunidade de representar todas essas referências no prato. Esse festival tem um nome que pesa muito, e o tema em particular desta edição nos fez pensar em um prato que remetesse às origens dos povos originários, tudo isso está conectado”, explicou Susane.

Por Karla Pereira

Related News

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *